O que é Reiki, para quê e porquê

São perguntas comuns a muitas pessoas. Embora eu seja praticante de Reiki desde 2001 e saiba racionalmente a resposta, quando começo a explicar tenho dificuldade em definir o que é Reiki.

Em primeiro lugar, porque são muitas as definições de Reiki, com tantas interpretações, dependendo da sensibilidade das pessoas que a praticam e recebem. Penso que é limitador definir Reiki conforme é apresentado pela GALE ENCYCLOPEDIA OF ALTERNATIVE MEDICINE ou seja“ uma terapêutica complementar e integrativa, onde se depreende que um tratamento é realizado através de uma técnica de contacto leve ou, ou mesmo sem contacto, do local afetado no corpo. Esta técnica visa realinhar o fluxo de energia vital, trazendo o equilíbrio energético ao corpo e uma sensação de bem-estar geral”.

Em segundo lugar, na realidade, quando as palavras começam a sair da minha boca, vem um sentimento do meu coração “dizendo” que seja qual for a definição ela é sempre muito restrita. Porque, no meu entendimento, a definição depende mais do coração, do que da parte cognitiva mental. Afinal de contas Reiki é muito mais do que isto, uma simples técnica de imposição das mãos e depende da forma como cada um a interpreta. Pode ser uma filosofia de vida, se vivermos de acordo com os seus princípios. Poderá ser uma técnica complementar de tratamento, se analisarmos com os olhos de um terapeuta profissional ou poderá ser uma forma de relaxar, descontrair e recuperar energias, se olharmos pelos olhos de um recetor de Reiki. Independentemente da definição que utilizamos para explicar o que é Reiki, o mais importante é sentir o que é Reiki.

Perguntas 

 

O que é Reiki ?

A técnica de reiki baseia-se na imposição das mãos, que são colocadas em diversas posições ao longo do corpo, para que a energia possa atuar sobre os diversos centros energéticos (chacras). Também é utilizado em animais e plantas.

O Reiki foi redescoberto no Japão, no século XIX, pelo monge budista Mikao Usui. A tradição Reiki, porém, já era mencionada em sânscrito pelos antigos sutras da Índia, há mais de 2.500 anos. Reiki é uma palavra japonesa que significa “Energia da Vida Universal”. De acordo com a ciência moderna e algumas filosofias antigas, o Universo é feito de energia – tudo é energia e por isso recetivo à energia. O Reiki constitui, portanto, uma terapia energética que atua pelas mãos do terapeuta, em que este não se sente exaurido, uma vez que é um canal de reiki, mas não a fonte. Nada é retirado da sua energia pessoal. Pelo contrário, ao servir como canal, o terapeuta também acaba sendo beneficiado e recarregado pela energia cósmica. As curas não são efetuadas pelo nosso ego, mas sim pela parte divina que existe em cada um de nós. Ao se transmitir o Reiki, a nossa própria energia de cura é despertada e a pessoa acaba curando a si mesma.

E é bem simples se tornar um canal Reiki: Basta receber as iniciações e a transferência presencial de energia de um mestre Reiki autorizado. Todo o mundo sente como é fácil “reaprender” a usar esta energia, inclusive as crianças. Como se trata da Energia Divina e Universal, ela pertence a todos os que estão dispostos a aceitar o “presente das mãos que cura”. Na verdade, todos nascemos com esta Energia de Vida Universal, cujo canal, no entanto, no decorrer da vida, começa a ficar bloqueado. No sistema de Usui, a energia curativa é conduzida pela imposição das mãos de forma espontânea e descontraída.

A intensidade da energia transmitida varia de acordo com as necessidades daquele que a recebe. A energia Reiki atravessa toda e qualquer matéria. Assim como tecidos, gesso, curativos, etc. O terapeuta, servindo como canal, funciona como um transmissor de energia.

Tanto o doador de energia quanto o recetor experimentam, durante o tratamento, a sensação de autocura. Qualquer pessoa que deseje a cura para si ou ofertá-la a outros pode se tornar um canal de Reiki. O Reiki não segue qualquer religião ou prática meditativa em particular, porém fortalece a visão universal daqueles que o praticam.

A técnica do Reiki pode complementar tratamentos médicos como, por exemplo, massagens, acupressura, acupunctura, massagem reflexiva nos pés, quiroprática, terapias respiratórias, drenagem linfática, psicoterapias, etc. Funciona bem em todo e qualquer lugar em que se realize o toque com as mãos, já que as “mãos de Reiki” conseguem irradiar em todo lugar e a qualquer momento, enviando sempre energia curativa.

Assim, Reiki constitui uma grande ajuda para todos os que se dedicam às profissões de saúde, como médicos alopatas, médicos naturalistas, enfermeiras, acompanhantes de enfermos, massagistas, enfim, toda e qualquer pessoa que se dedique a curar os outros. Reiki ajuda a equilibrar o corpo e a mente e atua em todos os níveis: físico, emocional, mental e espiritual. O Reiki incentiva a autocura, fortalece o corpo e o espírito, liberta bloqueios, desintoxica, equilibra os chacras (centros de energia), harmoniza o indivíduo e não cessa nunca de fluir, em quantidades ilimitadas. Por meio do uso de Reiki a pessoa se transforma e experimenta um grande crescimento espiritual.

 

Porquê o Reiki?

 

O Reiki recupera em cada um de nós, a capacidade de sermos um canal de Energia Vital Universal. A energia Reiki tem demonstrado resultados elevados ao nível do tratamento global do Ser, ou seja, a energia atua em diversos aspetos nomeadamente ao nível físico, mental, emocional e espiritual.

Sendo que a energia Reiki pode ser usada enquanto auto-tratamento, ou seja, na autoaplicação, porque restabelece o equilíbrio da energia de quem se autoaplica, dando uma sensação de mais autopoder, autoconfiança e segurança.

 

Para quê o Reiki?

 

Como já foi anteriormente descrito, o Reiki faz do Reikiano um canal de energia vital, energia essa que pode ser usada na prevenção e tratamento de doenças, mas o Reiki não substitui a chamada medicina tradicional, apenas a complementa. Existem casos em que a medicina tradicional é mais adequada e outros em que o Reiki que é.

Basicamente falamos numa interligação entre a ciência médica e as medicinas complementares, que em conjunto conseguem curar e suavizar todas as doenças que são atualmente conhecidas. O Reiki consegue restaurar e equilibrar o nosso organismo e aumentar a vivacidade sem recorrer a medicamentos químicos. O Reiki é uma terapia complementar sem qualquer vínculo religioso, recomendado pela Organização Mundial de Saúde, auxiliando à medicina tradicional no tratamento de doenças.

O Reiki não é igual para todos nem tem o mesmo efeito em todos, ou seja, a energia Reiki tem uma sabedoria muito própria, na medida em que a qualidade e quantidade de energia Reiki é única e singular para cada pessoa.

Estudos têm demonstrado que o ser Humano apenas usa, conscientemente, de 5% a menos de 10% das suas capacidades e o Reiki faz a ponte para que cada um de nós alcance os restantes 90% ou 95%. Neste caso, o poder está nas suas mãos. Todos temos a capacidade de aplicar Reiki e de ter ou ver um resultado de cura

Como Formação

Um método com técnicas próprias

Reiki é geralmente ensinado em 3 ou 4 níveis distintos, sendo os diferentes métodos de ensino chamados de “Sistemas”. Estou ministrando cursos de Reiki em vários níveis para que as pessoas consigam usar as suas capacidades inatas mas que precisam de ser despertadas

Qualquer pessoa pode aprender Reiki, desde que esteja disponível para isso, não sendo necessário conhecimentos médicos pois o Reiki não realiza diagnósticos, apenas trabalha no campo da bioenergia, segundo uma perspetiva holística.

O Núcleo do Funchal da Associação Portuguesa de Reiki que é uma Associação Sem Fins Lucrativos e que desenvolve a sua ação no esclarecimento sobre Reiki, no apoio aos praticantes, mestres e terapeutas de Reiki.

A Associação Portuguesa de Reiki está a crescer cada vez mais e de forma coesa, desenvolvendo atividades para a difusão do Reiki, tendo promovido vários eventos, encontros, e expandindo esta filosofia de vida nas mais variadas áreas como também realizando estudos científicos entre outras atividades.

Reiki em Hospitais

O voluntariado Reiki nos Hospitais está a tornar-se uma realidade em Portugal. Não é nada de novo pois sempre se fez desde há muitos anos. A diferença está entre ser algo aprovado, instituído ou algo casual ou de forma oculta até ter uma avaliação positiva. IPO, Garcia de Orta, Santa Maria, Coimbra, entre muitos outros.

Oficialmente o voluntariado Reiki nos Hospitais surgiu primeiro no Hospital São João, através do protocolo com a ADL em concordância com o Hospital. A Associação Portuguesa de Reiki serve como base reguladora e apoio na prática de Reiki. Os voluntários são enfermeiros praticantes de Reiki. O segundo voluntariado Reiki nos Hospitais surge neste ano de 2013 no Hospital do Fundão, sendo os seus voluntários não técnicos de saúde e enfermeiros.

Num recente estudo publicado pela National Healthy Stastisc Report, foi estimado que nos Estados Unidos, cerca de 1,2 milhões de adultos e 161 mil crianças já receberam uma ou mais sessões de terapias energéticas como o Reiki.

Nos hospitais, os próprios médicos, enfermeiros e pessoal de apoio vem sendo treinados em dar sessões de Reiki.

A aceitação do Reiki na medicina tem crescido muito. Em 2008, cerca 15% dos hospitais americanos (cerca de 800 hospitais) ofereceram Reiki como parte regular de serviços aos pacientes que solicitaram este tipo de terapia. O reiki é uma terapia que pode ajudar a reduzir os custos com medicamentos e tratamentos dispendiosos.

Reiki é apresentado como uma prática complementar no South County Hospital. A prática de Reiki em hospital é uma oferta cada vez mais disponibilizada nos hospitais pois é eficiente e de baixo custo. (Fonte  Schospital.com ).

A nível de integração do Reiki num curso de enfermagem  é possivel, um exemplo disto foi o desenvolvimento pela Drª Dolores Krieger, em 1975, de cursos Pós Graduação na prestigiada New York University da prática do Toque Terapêutico (criado pelas enfermeiras Drª Dolores Krieger e Dora Kuns) que usa a mesma linha do Reiki, apenas diferindo na utilização dos símbolos e mantras associados. Hoje o toque terapêutico é ensinado em todo o mundo ao pessoal de enfermagem hospitalar e faz parte do currículo em mais de 100 universidades dos Estados Unidos e fora deles.

Na opinião do nosso coordenador, em Portugal é uma questão de tempo, mais cedo ou mais tarde as pessoas vão se render aos benefícios do Reiki. É necessário ser um processo realizado gradualmente.

REIKI aplicado

  • Reiki na Liga Portuguesa Contra o Cancro
  • Reiki é eficaz no tratamento da fadiga relacionada com cancro
  • Reiki cada vez mais usado em doentes com cancro para reduzir efeitos da quimioterapia
  • Reiki e Psicologia Positiva – Psicologia Positiva estuda os aspetos positivos da vida humana, focando-se nas forças e virtudes de carácter intrínsecos de cada um.

Reiki é apontado por pesquisa como técnica que traz vantagens reais à saúde, além do efeito psicológico.

Como a ciência vê o Reiki (Artigo: http://www.associacaoportuguesadereiki.com/reiki/reiki-em-portugal/2013/09/16/ciencia-ve-reiki/)

Ricardo Monezi – Tese de Doutoramento de Reiki – Efeitos da prática do Reiki sobre aspectos psicofisiológicos e de qualidade de vida de idosos com sintomas de estresse:estudo placebo e randomizado.

Em Portugal temos também a Prof. Antónia Maura Ferreira a terminar a sua tese. Também o Prof. Dr. António Cabrita fez um estudo sobre Reiki na Universidade de Coimbra e cada vez mais se desenvolvem os estudos e as teses, sendo eles reconhecidos por nós com o Prémio Hayashi de Investigação Reiki. Cada vez mais a comunidade de Reiki fica engrandecida com estes contributos. Resta agora, aos praticantes, exercerem a sua prática de forma consistente e profissional, nunca relegando para segundo plano a doação e os cinco princípios de Reiki que são a nossa filosofia de vida e guias orientadores.

Um novo caminho da investigação científica de Reiki – Investigação científica de Reiki descobre novo caminho. Através do método de fotografia Kirlian, são avaliados e fotografados os terapeutas de Reiki e, recentemente incluído no projecto, a fotografia dos efeitos de Reiki na água. Os primeiros testes foram realizados em 2008 na Alemanha, continuando em 2013 na Bulgária.

O Reiki é também importante para os animais e como terapia complementar, sem dúvida que é uma mais valia.

Reiki no 3º Congresso Internacional de Enfermagem Veterinária – A coordenadora de Portalegre, Bertila Ribeiro, fez uma apresentação e demonstração de Reiki no 3º Congresso Internacional de Enfermagem Veterinária.

A Associação já tem vários protocolos, tanto a nível de voluntariado, institucional e também a nível comercial trazendo benefícios aos associados.

Minha intenção

  • Ajudar as pessoas através desta terapia
  • Dar a conhecer as potencialidades das terapias complementares
  • Expandir a consciência das pessoas a recuperar o seu poder interior de forma que possam para ultrapassar os desafios da vida cotidiana
  • Divulgar e publicitar eventos desta área de terapias complementares,

Preencha o formulário abaixo ou ligue para :+351 965 618 723

Comente

Por favor insira o seu nome.
Por favor insira o seu comentário.